DIA D

Festival do Consumo Consciente: Semeando Bons Hábitos

 

O Dia D da campanha Stop Food Waste Day será marcado pelo evento Festival do Consumo Consciente: Semeando Bons Hábitos, onde teremos bate-papo com influenciadores engajados na causa, oficinas com chefes e nutricionistas, além de uma feira com exposição de produtos e serviços relacionados ao consumo consciente.

Confira a programação abaixo.

Inscrições para as oficinas práticas encerradas. Venha participar da feira aberta ao público!

Local: Unibes Cultural
Rua Oscar Freire, 2500 - Jardins - São Paulo - SP

Horário: das 14h às 18h
ENTRADA FRANCA

14h às 18h - Feira aberta ao público


16h – Oficinas práticas (inscrições limitadas)


1 - Oficina com Morena Leite, chef proprietária do grupo Capim Santo
     Tema: Farofa: a mistura brasileira (reaproveitamento da geladeira)


2 - Oficina Sabor de Fazenda
      Tema: Mãos à Horta: como plantar ervas aromáticas


17h – Oficinas práticas (inscrições limitadas)


3 - Oficina com Carina Muller, chef e nutricionista funcional
Tema: Leites vegetais: como fazer e reaproveitar o resíduo


4 - Oficina com Banco de Alimentos
Tema: Aproveitamento integral de alimentos


Conheça mais sobre os responsáveis pelas oficinas:

Chef Morena Leite
Chef proprietária do grupo Capim Santo, que reúne os restaurantes Capim Santo, Santinho, Buffet e o Instituto Capim Santo. O DNA de cozinha brasileira tropical da Chef Morena Leite se baseia no tripé da culinária saudável com técnica francesa e ingredientes brasileiros.

Sabor de Fazenda
Idealizado pela nutricionista e herborista Silvia Jeha, o Sabor de Fazenda é um viveiro que oferece mais de 90 espécies de mudas de ervas e temperos orgânicos e uma série de atividades, como cursos para crianças e adultos.

Chef Carina Muller
Carina Muller desenvolve um trabalho de conscientização e reeducação alimentar, unindo conhecimentos da nutrição funcional, medicina chinesa com técnicas gastronômicas crudivoristas e tradicionais. Ela defende, ainda, o consumo consciente de alimentos orgânicos, sazonais e nativos, além da cultura “zero desperdício” na cozinha.

Banco de Alimentos
Fundada em 1998, a ONG Banco de Alimentos recolhe alimentos que já perderam valor de prateleira no comércio e indústria, mas ainda estão perfeitos para consumo, e os distribui onde são mais necessários. A equipe ensinará receitas com o aproveitamento integral de alimentos, além de dicas de economia, redução do desperdício e diminuição do lixo orgânico.